Sejam bem-vindos ao meu pequeno e modesto cantinho... Aqui penso “falar” do que mais prazer me dá, assim como para pôr em prática a minha vontade de comunicar e partilhar com vocês as pequenas coisas boas, e menos boas, da vida...

Acerca de mim

A minha foto
España, Portugal

Sejam bem-vindos ao meu pequeno e modesto cantinho...

O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem, por isso existem momentos
inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.

(Fernando Pessoa)


sábado, 19 de agosto de 2017

“Não temos medo”, grita Barcelona


 
Horas depois do atentado, população encheu as ruas da cidade esta manhã, convocada por prefeita autonomista. “No tinc por” ("Não temos medo") entoaram os manifestantes, em catalão.
 
A Praça Catalunha estava lotada, ainda que para muitos tenha sido difícil chegar, já que furgões policiais bloqueavam o acesso em muitas das vias de entrada. Apesar disso, milhares chegaram até as proximidades e caminharam a pé, para se somar a um ato emocionante, em que os aplausos sucederam ao silêncio. Um silêncio arrebatador em alguns momentos quando, por cima das milhares de pessoas, escutaram-se as asas de pombas que sobrevoavam a praça
 
Com lágrimas nos olhos e visivelmente emocionadas, algumas pessoas ergueram rosas vermelhas. Ondas de aplausos percorreram a praça, começando em um de seus extremos e ocupando todo o espaço até além do perímetro do local. As ruas do entorno estavam fechadas ao tráfego.
 
Una noia amb una pancarta a l'acte de solidaritat amb les víctimes a plaça Catalunya. FOTO: Elena Parreño
 
 

sexta-feira, 17 de março de 2017

Dia de São Patrício

Saint Patrick's Day (Dia de São Patrício)
17 de Março - Irlanda
 
Dia 17 de março é um dia muito importante na Irlanda - celebra-se o seu santo padroeiro. Os irlandeses e seus descendentes nos Estados Unidos e em todo o mundo comemoram o St. Patrick's Day - Dia de São Patrício, conhecido por ter trazido a religião católica para a Irlanda. Há mais de mil anos os irlandeses consideram o dia 17 de março, suposta data da morte de St. Patrick, um dia de festa religiosa, que cai no período cristão da Quaresma (Lent), quando as famílias irlandesas costumam ir à igreja pela manhã e comemorar durante a tarde. O Saint Patrick's Day, coloquialmente St. Paddy's Day, ou simplesmente Paddy's Day é feriado nacional na Irlanda e também um na ilha de Montserrat. No Canadá, Reino Unido, Austrália, Estados Unidos, Argentina e Nova Zelândia, a data é amplamente celebrada, mas não se trata de um feriado oficial. 
 
St. Patrick's Day é comemorado pelo irlandês em cidades grandes e pequenas, como se fosse o nosso carnaval - podendo ser comparado aos "desfiles de carnaval de rua". Algumas comunidades chegam a tingir rios ou córregos de verde! As pessoas vestem-se de verde, pintam trevos no rosto e assistem às St. Patrick's Day parades (desfiles). Entre as crianças, há a tradição de beliscar os amigos que não vestem verde neste dia.


 
 

Atualmente, St. Patrick's Day é comemorado por gente de todas as origens nos Estados Unidos, Canadá e Austrália. Embora a América do Norte abrigue as maiores produções, O Dia de São Patrício é também celebrado em outros locais distantes da Irlanda, incluindo o Japão, Singapura, Rússia, Argentina e algumas cidades do Brasil. Em toda parte, as pessoas dançam, cantam e bebem "green beer" (cerveja verde) nos Irish Pubs, just having a good time and enjoying themselves!
 
Quem foi São Patrício?
 

St. Patrick nasceu na Grã-Bretanha, filho de pais endinheirados, mais ou menos no final do século IV. Acredita-se que tenha morrido no dia 17 de março de 461 - daí então, a data da celebração. Até os 16 anos, ele se considerava um pagão. Nessa idade, foi sequestrado e vendido como escravo por saqueadores irlandeses. Foi durante sua captura que ele começou a se voltar para Deus.
 
Ele conseguiu escapar após ter sido escravizado durante 6 anos e, então, foi estudar em um mosteiro em Gauls (na região da atual França), por 12 anos. Foi quando ele soube que sua "vocação" (calling) era tentar converter todos os pagãos na Irlanda para o Cristianismo.
 
Sendo assim, St. Patrick foi de mosteiro em mosteiro, obtendo sucesso em converter as pessoas para o Catolicismo. Os Druidas Celtas (Celtic Druids) ficaram muito insatisfeitos com ele e tentaram prendê-lo por diversas vezes, mas ele sempre conseguiu escapar.
 
Originalmente, a cor associada a São Patrício era azul.
Depois de 30 anos como missionário na Irlanda, estabeleceu-se num lugar chamado County Down até a sua morte. A valorização atribuída à imagem deste homem não está nos detalhes históricos, mas na inspiração de um homem que conseguiu retornar ao país de origem depois de ser escravo quando criança, com o intuito de transmitir a mensagem de Cristo.

Fatos reais:
 - St. Patrick realmente existiu;
- Foi levado para a Irlanda como escravo aos 16 anos;
- Escapou depois de 6 anos escravizado;
- Tornou-se sacerdote cristão, e, mais tarde, bispo;

- Retornou à Irlanda como missionário;
- Desempenhou importante papel na conversão de Irlandeses ao Cristianismo;
- Alguns de seus escritos sobreviveram, como Confessio, a Epistola ad Caroticum.
Fatos não comprovados:
- Nasceu em 387 na Escócia, em Kilpatrick. Fontes alternativas sugerem que ele tenha nascido em Banwen, no País de Gales.
- Seu nome original era Maewyn Succat, tornando-se Patrick ao virar bispo;

- Estudou na França, no Monastério de St Martin's in Tours;
- Foi para a Irlanda em 432;
- Faleceu ou em 461 ou em 493 (menos provável);
- Foi aluno de Saint Germaine.

Informação tirada da internet

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Dia Mundial de Luta Contra o Cancro

O Dia Mundial de Luta Contra o Cancro celebra-se anualmente no dia 4 de fevereiro.
O objetivo do Dia Mundial de Luta Contra o Cancro é desmistificar algumas das ideias pré-concebidas sobre o cancro e informar sobre os fatos reais da doença.
 
A celebração deste dia baseia-se na Carta de Paris, aprovada em 4 de fevereiro de 2000, na Cimeira Mundial Contra o Cancro para o Novo Milénio. A Carta apela à aliança entre investigadores, profissionais de saúde, doentes, governos e parceiros da indústria no âmbito da prevenção e do tratamento do cancro.
 

Cancro em Portugal

Em Portugal morrem 70 pessoas por dia com cancro, o que significa que, a cada hora que passa, 3 pessoas morrem vítimas da doença. No total, por ano são registados 25.000 óbitos.
Os cancros que mais matam são os do cólon, reto e ânus, assim como os cancros da laringe, brônquios, pulmão e estômago.
 
Informação tirada da internet:
 
 
 

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

La noche más mágica del año

Melchor, Gaspar y Baltasar ya están muy muy cerca... ¿Qué le pides tú a los Reyes Magos?

Sus majestades de Oriente visitarán los hogares españoles en esta noche de reyes para repartir regalos e ilusión a todos los niños (y no tan niños).
 
Tienen todo a punto para la noche más mágica del año. Camellos, pajes y regalos se preparan para la cabalgata del cinco de enero. Más tarde, irán de puerta en puerta repartiendo alegría (o algo de carbón para quien se haya portado mal).
 
La tradición dice que se deben dejar los zapatos cerca del árbol o la ventana; y algunos dulces para sus majestades, así como agua y comida para sus fatigados camelos.
 
 
Durante la noche del jueves miles de deseos vuelan por el cielo para llegar hasta Melchor, Gaspar y Baltasar

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Solstício de Inverno 2016

O que é Solstício de Inverno

Solstício de Inverno é um fenômeno da astronomia que marca o início do Inverno. É o instante em que o hemisfério Norte está inclinado cerca de 23,5º na direção do Sol.
O termo solstício tem a sua origem no latim solstitius que significa "ponto onde a trajetória do sol aparenta não se deslocar". Consiste em sol + sistere que significa "parado".
No solstício de Inverno ocorre o dia mais curto do ano e consequentemente a noite mais longa do ano, em termos de iluminação por parte do Sol.
 
Em países do hemisfério sul, como é o caso do Brasil, o solstício de Inverno acontece normalmente no dia 21 de Junho. Em 2013, no Brasil, o solstício de Inverno aconteceu no dia 21 de Junho às 2h04, horário de Brasília. Nessa hora, o Sol atingiu a maior declinação de acordo com a linha do Equador.

O solstício acontece graças aos fenômenos de rotação e translação do planeta Terra, pois graças a eles a luz solar é distribuída de forma desigual entre os dois hemisférios. O solstício de Inverno significa que a luz do sol não incide com tanto fulgor no hemisfério em questão. São fenômenos opostos dependendo do hemisfério em que um determinado país se encontra. Por esse motivo, quando é Inverno no Brasil (hemisfério sul), é Verão em Portugal (hemisfério norte).
 
 
 
Este ano o Solstício de Inverno ocorre no dia 21 de Dezembro às 10h 44min. Este instante marca o início do Inverno no Hemisfério Norte, estação mais fria do ano. Neste dia, o sol no plano da eclíptica passará pela declinação mínima (latitude ao equador) de -23° 26′  4″, atingindo o máximo de fluxo de energia solar (J/m2) no hemisfério sul do planeta.
 
Produz também um dos dias mais curtos do ano no hemisfério norte: apenas 9h e 27min 4s em Lisboa. O dia 21 é igualmente curto até à casa dos segundos. A duração do dia será de:  9h e 8min em Bragança;  9h e 12min no Porto;  9h e 18min em Coimbra;  9h e 21min em Castelo Branco;  9h e 29min em Évora; 9h e 33min em Ponta Delgada;  9h e 37min em Faro;  10h e 0min no Funchal;
Esta estação prolonga-se por 88,99 dias até ao próximo Equinócio que ocorre no dia 20 de Março de 2017 às 10h 29min.

A palavra de origem latina (Solstitium) está associada à ideia de que o Sol devia estar estacionário, no movimento de afastamento ao equador, ao atingir a sua mais alta ou mais baixa posição no céu.
 
 
Informação tirada da internet:
 
 

BOAS FESTAS


 
Os meus sinceros votos de um Feliz Natal e um Novo Ano repleto de Saúde e Prosperidade.
Um beijinho carinhoso.
Patrícia
 
 

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Curiosidades do Mundo

História da anestesia


De forma geral, a anestesia significa ausência de sensações. Ela altera os sentidos da consciência através de medicamentos. É um estado em que o paciente não sente qualquer tipo de dor. A anestesia é um conceito bem antigo, porém, empregado de forma completamente diferente. Em 5.000 a.C. até ao século XI d.C., os egípcios descobriram algumas plantas que ofereciam esse efeito sedativo. Mas a partir do século XVI até ao século XVIII, a forma de diminuir as dores e sensações durante as cirurgias era através do álcool. Claro está que a ingestão do álcool não era tão eficaz como são as anestesias dos dias de hoje. Por essa razão o paciente acabava sempre por sentir dores.
Já no ano de 1773 foi descoberta a existência de um gás que possuía propriedades capaz de deixar um paciente inconsciente, mas por pouco tempo, método aplicado por inalação. Este gás ficou conhecido como dióxido de nitrogênio.
 
Após muitos anos de estudos, pesquisas e experimentos, em 1846, aconteceu a primeira cirurgia feita a partir de uma anestesia que fez o paciente sair do seu estado normal, levando-o a dormir profundamente, permitindo assim o trabalho dos médicos cirúrgicos, sem prejudicar o paciente. E esta anestesia era nada mais do que o éter, que ao ser inalado, causa a perda dos sentidos e faz com que a pessoa adormeça, voltando horas depois do efeito acabado.
 
No entanto, no período de 1930 a 1970, e com os avanços da medicina, foram criadas as anestesias injetáveis, incomparavelmente mais segura e eficaz. Nos dias de hoje, com a ajuda da tecnologia, foram inventados sistemas informáticos para acompanhar os pacientes nas salas de cirurgia, as suas funções cardíacas e monitorar cada segundo do estado corporal do paciente. Tudo isso foi um grande passo para a história da anestesia.
 

Porque associamos o SOS ao perigo?

 
O código SOS de Socorro é mundialmente conhecido e tem como finalidade pedir ajudar em qualquer língua. 
As siglas SOS estão ligadas ao perigo, ao pedido de ajuda e à necessidade de prestar atenção para um acontecimento fora do comum, mas a verdade é que esta sigla, nasceu do Código Morse. Ou seja, trata-se de um acordo do antigo sistema de telégrafo criado por Samuel Morse, em 1835, que combinava pontos e travessões usados na emissão e receção de mensagens.
As letras “S”, no Código Morse, consistam em três pontos, e a letra “O”, consista em três espaços, ou seja, visualmente obteríamos qualquer coisa assim: • • • – – – • • •. Desta forma, a adoção do termo SOS, surgiu para ajudar as pessoas a memorizarem a posição dos pontos e dos espaços.
 

Porquê código morse?

 
O código Morse combinava vários símbolos (letras, números e sinais de pontuação), através de um sinal codificado enviado ininterruptamente, que proporcionava uma fácil memorização, especialmente em situações que exigiam uma rápida ação. Assim sendo, CQD foi o primeiro sinal de perigo emitido, que tinha a seguinte explicação: “CQ” significava a emissão de uma mensagem e o “D” estava relacionado com a palavra inglesa danger, que significa “perigo”. No entanto, este símbolo foi considerado difícil de emitir porque requeria muitos toques, e por essa razão este símbolo acabou por ser considerado impróprio para situações de emergência, acabando por cair no esquecimento.
 
codigo-sos-morse-perigo

De que forma o código era enviado?


Uma mensagem enviada por código Morse pode ser transmitida através dos seguintes pulsos:
  • pulsos eléctricos transmitidos por cabo através de uma rede telegráfica;
  • ondas mecânicas (sinais sonoros);
  • sinais visuais (intermitência de luzes);
  • ondas eletromagnéticas (sinais de rádio);
 

O que se dizia na gíria?


Na gíria, o SOS sempre foi associado a frases como “Save Our Ship” (tradução: Salve o Nosso Navio), “Save Our Souls” (tradução: Salve as Nossas Almas) ou “Send Out Succour” (tradução: envie socorro). Na verdade, estas associações nunca estiveram por trás da criação do SOS, no entanto a associação a estas frases facilitava a memorização do real significado.
 

Outros sinais


Em janeiro de 1914 foi adotado o TTT como “sinal de emergência” para ser usado pelos navios, em situações que envolvesse perigo na navegação.
Durante a Segunda Guerra Mundial, outros códigos foram utilizados para incluir detalhes sobre ataques de embarcações inimigas. O sinal SSS dizia respeito ao ataque de submarinos, o RRR apontava pra a possibilidade de se dar um assalto pela superfície, já o QQQ indicava a presença de uma embarcação desconhecida no campo de batalha e, por último, o AAA apontava para ataques aéreos. Por norma, estes sinais eram enviados em conjunto com o código SOS.
 

Curiosidades


- O primeiro navio a enviar um SOS, por rádio, foi o Arapahoe, que se encontrava perdido ao norte do continente americano, a 11 de agosto de 1909.
- O fim do sentido original do SOS aconteceu em janeiro de 1999 quando foi oficialmente retirado o serviço de telegrafia Morse nas comunicações marítimas. A Autoridade de Segurança Marítima da Austrália foi a última a deixar a renunciar oficialmente o sistema.
 
Informação tirada de internet
 
 

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Dia Mundial da Fotografia




O Dia Mundial da Fotografia comemora-se anualmente a 19 de agosto.

 

 




Origem da data

A celebração da data tem origem na invenção do daguerreótipo, um processo fotográfico desenvolvido por Louis Daguerre em 1837.
Mais tarde, em janeiro de 1839, a Academia Francesa de Ciências anunciou a invenção do daguerreótipo e a 19 de agosto do mesmo ano o governo francês considerou a invenção de Daguerre como um presente "grátis para o mundo".
Outro processo fotográfico - o calótipo, inventado também em 1839 por William Fox Talbot, fez com que o ano de 1839 fosse considerado o ano da invenção da fotografia.
 

Comemoração da data

No dia Mundial da Fotografia decorrem várias iniciativas para celebrar a data, como por exemplo, workshops, maratonas de fotografia, concursos e palestras. O Dia Mundial da Fotografia consiste na celebração da arte de fotografar. Desde o fotógrafo amador ao profissional, neste dia o objetivo é reviver o amor pela fotografia. Com a proliferação da fotografia digital e dos telemóveis com câmaras, praticamente qualquer pessoa pode aventurar-se na fotografia no mundo atual.
A fotografia serve para eternizar momentos, para guardar recordações, para contar histórias em imagens, sem palavras, para mostrar um modo pessoal de ver o mundo ou simplesmente para dar prazer ao fotógrafo.

Frases

  • Fotografar é elevar um momento à eternidade.
  • Fotografar é congelar um momento da vida.
  • A fotografia é a arte das memórias e da celebração da vida humana.
  • Certas coisas vivem para sempre, se forem fotografadas.
  • Fotografar é ver o mundo por outra perspetiva.
  • A fotografia mudou a forma de vermos o mundo.
  • Com a fotografia os nossos olhares se cruzam.

sábado, 13 de agosto de 2016

Significado etimológico da palavra Férias

Férias vem do Latim feriae, “dia de descanso ou dedicado a festas”. Com o uso eclesiástico, recebeu o sentido de “dia em que se homenageia um santo”.
Atualmente significa uma época do ano reservada para o descanso estudantil ou profissional.
 
 

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Dia Mundial da Terra 2016



Todos os anos, a 22 de abril celebra-se o Dia Mundial da Terra.



Origem da data

A data foi criada em 1970, pelo senador norte-americano Gaylord Nelson que resolveu realizar um protesto contra a poluição da Terra, depois de verificar as consequências do desastre petrolífero de Santa Barbara, na Califórnia, ocorrido em 1969.
Inspirado pelos protestos dos jovens norte-americanos que contestavam a guerra, Gaylord Nelson, desenvolveu esforços para conseguir colocar o tema da preservação da Terra na agenda política norte-americana.
A população aderiu em força à manifestação e mais de 20 milhões de americanos manifestaram-se a favor da preservação da terra e do ambiente.

Atividades

Todos os anos, no dia 22 de abril, milhões de cidadãos em todo o mundo manifestam o seu compromisso na preservação do ambiente e da sustentabilidade da Terra. Neste dia de cariz educativo escrevem-se frases e poemas sobre a importância do planeta Terra nas escolas, entre outras atividades
É possível juntar-se a atividades existentes, criar eventos próprios, doar dinheiro, ou tomar simples atos como plantar uma árvore, por exemplo.
O Dia Mundial da Terra conta já com mais de mil milhões de atos realizados em prol do ambiente ao longo da história. É o maior dia do ano para o planeta Terra, desejando que todos os habitantes do mundo realizem algum ato que o proteja.
 
Impacto Ambiental

Investigadores e associações ambientalistas alertam para o perigo e consequências do aquecimento global da Terra, nomeadamente:

• aumento da temperatura global da Terra;
• extinção de espécies animais;
• aumento do nível dos oceanos;
• escassez de água potável;
• maior número de catástrofes naturais, como tempestades, secas e ondas de calor.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Dia Internacional do Voluntariado


 
O Dia Internacional do Voluntariado é celebrado todos os anos no dia 5 de dezembro.
A data tem como objetivo incentivar e valorizar o serviço voluntário em todo mundo.

A data foi proclamada em dezembro de 1985 pelas Nações Unidas.

 
 
Em Portugal, o voluntariado tem vindo a aumentar, tanto ao nível das organizações que promovem o voluntariado, como a nível da quantidade de voluntários existentes.
Ainda assim, o número de voluntários em Portugal é reduzido, se comparado à média europeia.
 
O voluntariado é um ato de cidadania, sendo cada vez mais uma componente importante no percurso de vida das pessoas, contribuindo para reduzir as disparidades sociais e para promover a necessidade e o dever de ajudar o próximo. Para o voluntário é também um ato recompensador, ajudando a alcançar o sentimento de autorrealização.
 
 
 
Neste dia realizam-se atividades como a recolha de alimentos em hipermercados, com cerca de 40 mil voluntários espalhados pelo país.

terça-feira, 20 de outubro de 2015

20 de outubro, assinala-se o Dia Mundial da Osteoporose



Vinte de outubro é o Dia Mundial da Osteoporose, doença oculta até à fase em que avança para um estado mais grave. Saiba os comportamentos a adotar e quais os grupos de risco de um problema nos ossos, que pode gerar uma incapacidade, dor e, em casos extremos, a perda da independência.



A osteoporose é uma doença que atinge os ossos e que se carateriza pela diminuição substancial da massa óssea, com o desenvolvimento de ossos fracos, finos e de extrema sensibilidade, sujeitos a fraturas.

Esta doença, mais comum em mulheres do que em homens, faz parte do processo normal de envelhecimento.

Progride de forma lenta e raramente apresenta sintomas, sendo por regra detetada após uma fratura que não resulta de um trauma.

Neste Dia Mundial da Osteoporose, pretende-se alertar para um problema que pode ser evitado, com diagnósticos preventivos, uma vez que esta doença se esconde, até uma fase em que atinge maior gravidade.

Estima-se que, em todo o mundo, uma em cada três mulheres e um em cada cinco homens com idade superior a 50 anos padeça de osteoporose, doença que provoca milhões de fratura, todos os anos.

Estão mais suscetíveis à doença as mulheres, os fumadores, os consumidores de álcool e de café em excesso e os diabéticos, bem como as pessoas que têm uma atividade física desadequada, quer por sedentarismo, quer por excesso dessa atividade.




“Aconselham-se exercícios físicos regulares, dieta com alimentos ricos em cálcio, bem como um acompanhamento médico, sobretudo nos grupos de risco. Hoje, assinala-se o Dia Mundial da Osteoporose.






Informação e fotos tiradas da internet.

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Curiosidades


Quantos megapixels possuem os olhos humanos?
 
 
Você sabia que o olho humano tem megapixels? É claro que nossos olhos não são como as câmaras digitais, mas eles também possuem uma resolução máxima alcançada. De uma maneira geral, os olhos humanos podem alcançar uma resolução de, no máximo, 250 megapixels. É como uma verdadeira câmara digital que cria arquivos de imagem compostos por milhões de pontos a todo momento.

Cada ponto é um pixel do olho. No olho humano, o papel do photosite é desempenhado pelos cones e bastonetes, dois tipos de células fotossensíveis que estão distribuídas ao longo da retina.

Nos dois olhos humanos existem aproximadamente 250 milhões de células, ou seja, podemos captar 250 milhões de pontos luminosos, o que equivale a 250 megapixels. Na prática, a visão em alta resolução do homem é formada apenas na fóvea, uma região importante que corresponde a um centésimo da área da retina.

Podemos dizer que não basta apenas dividir o número de megapixels por cem. Isso ocorre porque a distribuição dos cones e dos bastonetes na retina não é constante, uniforme e equilibrada. Além disso, no olho humano existe uma interpolação, que é quando as imagens captadas por duas células são entrelaçadas. Essa característica aumenta muito a resolução dos olhos humanos.
 
Por que choramos?

 
O choro é um processo fisiológico do corpo humano. As lágrimas são produzidas pela glândula lacrimal, e servem como lubrificantes para os olhos, cumprindo uma função de nutrir e limpar a córnea.

Esse processo natural do organismo pode ser impulsionado pela emoção. É importante ressaltar que existem diferenças entre as lágrimas que surgem com uma função lubrificante e as que aparecem por questões emocionais.

As lágrimas lubrificantes acontecem como um reflexo sempre que os olhos ficam irritados. Já as lágrimas de emoção são derramadas para expressar um sentimento.

De acordo com especialistas, nós choramos para comunicar uma dor ou um estado. Nesse sentido, o choro aparece como uma expressão do rosto.

Segundo estudos científicos, as lágrimas emocionais podem ser identificadas como pedidos de ajuda em situações de dor física, medo, raiva, humilhação, solidão e tristeza; ou como oferecimentos de ajuda em situações de solidariedade, entrega religiosa, amor passional, amor humanitário, lembranças sentimentais e alegria.

Para os homens, as lágrimas também servem como uma ferramenta de comunicação desde a infância até a vida adulta. Nós choramos para apresentar nossas necessidades físicas e emocionais.
 
Aurora Boreal
 

Na Noruega
A Aurora Boreal é um fenômeno de extrema beleza que pode ser visto apenas nos céus do Norte do planeta Terra. Trata-se de um fenômeno ótico muito brilhante e que acontece durante a noite nas proximidades das regiões dos polos.

A Aurora Boreal é resultado da colisão de partículas de vento solar com o campo magnético da Terra. Existem lendas asiáticas que afirmam que as pessoas que conseguem ver uma Aurora Boreal vivem felizes para sempre e têm mais fertilidade.

 
Na Lapónia
Uma região do planeta onde o fenômeno é comum é na Lapónia, onde a Aurora Boreal acontece 200 dias por ano. A ciência explica a Aurora Boreal como um fenômeno luminoso característico das zonas polares e baseado na capacidade de excitação de átomos e moléculas.

O fenômeno é representado por um fotão luminoso, com cores verde-amareladas, que acontece em alturas entre 90 e 150 quilômetros. Também existem as chamadas auroras vermelhas, produzidas pelos átomos de oxigênio, e as auroras azuis, que são resultado de moléculas de hidrogênio.

De uma forma geral, as auroras boreais acontecem tanto no inverno quanto no verão, e só são visíveis durante a noite. Os meses mais comuns para o fenômeno são entre setembro e outubro, e fevereiro e março. Para avistar a Aurora Boreal, o melhor horário é às 23:30h.
 

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Parabéns, 6 anos de blog!

Já me estava esquecer, mas ainda vou a tempo de dar os Parabéns ao meu bloguinho... Hoje faz anos. Já são 6 aninhos! Espero que dure muitos mais!
 
Obrigada a quem me acompanha desde o inicio, e obrigada aqueles que virão a acompanhar!
 
Felicidades e mutos anos de vida!
 
 
Parabéns Blog!

6 ANOS

 
 

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Dia Mundial do Livro



A 23 de abril celebra-se o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor. A data tem como objetivo reconhecer a importância e a utilidade dos livros, assim como incentivar hábitos de leitura na população.
 
Os livros são um importante meio de transmissão de cultura e informação, e elemento fundamental no processo educativo.
 
No Dia Mundial do Livro decorrem várias ações de promoção dos livros e da leitura, organizados por livrarias, associações culturais, escolas, universidades e outras entidades. Neste dia também se podem comprar livros a preço especial em várias livrarias.
 

Origem da data

A UNESCO instituiu em 1995 o Dia Mundial do Livro. A data foi escolhida por ser um dia importante para a literatura mundial - foi a 23 de Abril de 1616 que faleceu Miguel de Cervantes e a 23 de Abril de 1899 que nasceu Vladimir Nabokov. O dia 23 de abril é também recordado como o dia em que nasceu e morreu o escritor inglês William Shakespeare.
 
A data serve ainda para chamar a atenção para a importância do livro como bem cultural, essencial para o desenvolvimento da literacia e desenvolvimento económico. 
 
 

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Um dia para recordar as vítimas do Holocausto nazi


O mundo celebra, esta terça-feira, 27 de janeiro, o Dia Internacional da Memória do Holocausto, instituído em 2005 por uma resolução das Nações Unidas e adotado pela União Europeia, no mesmo ano.
 
 
A jornada, que recorda igualmente outros genicídios – Bósnia, Cambodja e Ruanda – coincide com a data da libertação do campo de concentração de Auschwitz-Birkenau, na Polónia, há exatamente 70 anos. No final dos anos 40, vários responsáveis judaicos tinham proposto datas alternativas, como a do envio dos primeiros judeus de Varsóvia para os campos de concentração em 1942, ou a data do levantamento do Gueto de Varsóvia, um ano depois. Ambas as datas seriam abandonadas por coincidirem com outros feriados religiosos judaicos. Países como a Roménia, optaram por recordar o Holocausto no dia 9 de outubro, data do início da deportação de judeus romenos para os campos da morte em 1942.
 
O primeiro dia da memória do Holocausto
A primeira cerimónia de homenagem aos cerca de 6 milhões de judeus mortos nos campos de concentração nazis foi organizada meses após o fim da II Guerra Mundial, a 28 de Dezembro de 1949. Um ano e meio após a criação do estado israelita, centenas de restos mortais de judeus eram removidos do campo de concentração de Flossenburg, nos arredores de Munique, para um cemitério em Jerusalém. Dois anos depois, o parlamento israelita declarava o dia 27 do mês de Nisan (em maio, dependente do calendário religioso) como o dia nacional da memória do Holocausto.
 
Em 1953, Israel criava o memorial Yad Vashem – memorial das vítimas do Holocausto – dedicado a homenagear e documentar a história dos judeus exterminados durante a II Guerra Mundial. O memorial publicou esta semana, num gesto de reconciliação, uma lista de muçulmanos que salvaram judeus durante o Holocausto.

Holocaust-Mahnmal (Memorial do Holocausto)
 
Polónia “descobre” 3500 funcionários de Auschwitz
O dia internacional é assinalado todos os anos com várias celebrações ao longo da Europa, que recordam igualmente as outras vítimas dos campos de extermínio nazi, como os homossexuais, as pessoas deficientes, a comunidade cigana ou as centenas de opositores políticos. Na Polónia, desde 1998, centenas de pessoas participam numa “marcha dos sobreviventes” de Auschwitz a Birkenau. Mais de um milhão de pessoas, a maioria judeus, faleceram neste campo entre 1940 e 1945. O Instituto Polaco da Memória Nacional revelou, na semana passada, ter descoberto os nomes de 3.500 trabalhadores suplementares do campo de concentração, até hoje ignorados. A nova lista, com 9.500 pessoas deverá ser revelada, o mais tardar, dentro de um ano, quando os novos nomes deverão ser transmitidos ao serviço central de investigação sobre os crimes nazis, baseado em Ludwigsburg, na Alemanha. 80% dos alemães querem “virar a página do Holocausto. Na Alemanha, as celebrações deste ano são marcadas por uma sondagem publicada pela Fundação Bertelsmann que indica que 80% dos alemães querem “virar a página” sobre a data histórica e que preferem que os governantes do país se concentrem em “temas atuais”. Segundo o mesmo estudo, Israel e Alemanha continuam a ter visões diferentes sobre as origens da chamada “solução final nazi”: 67% dos israelitas consideram que “o amor dos alemães pela autoridade” está na origem do fenómeno, enquanto 61% dos alemães culpam a situação económica e o desemprego que atingiam o país no início dos anos 40.
 
 
A II guerra mundial teve um impacto terrível entre os judeus europeus. Segundo o Museu do Holocausto dos Estados Unidos, cerca de 9,5 milhões de judeus viviam na Europa em 1933, contra apenas 3,5 milhões, em 1950, após o final do conflito mundial.
Ler mais:
 http://pt.euronews.com/2015/01/26/um-dia-para-recordar-as-vitimas-do-holocausto-nazi/